O que é polifarmácia e suas consequências?

Pergunta de Manuel Cristiano de Campos em 02-06-2022
(67 votos)

O consumo de múltiplos remédios aumenta consideravelmente os riscos como toxidade cumulativas, erros, menor adesão ao tratamento das doenças e morbimortalidade. Também representa um aumento nos custos assistenciais com a saúde, incluindo o próprio custo para tratamento das repercussões advindas desse consumo.

O que é a polifarmácia?

A polifarmácia, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), é o uso rotineiro e concomitante de quatro ou mais medicamentos (com ou sem prescrição médica) por um paciente1.


Quais as consequências da polifarmácia em idosos?

O uso de medicamentos por idosos acontece em grande quantidade, dando nome à polifarmácia, ocasionando riscos de reações adversas, interações medicamentosas e alguns sintomas, destacando distúrbios nos ritmos cardíacos e respiratórios, hipotensão ou hipertensão, alterações gastrointestinais, dores abdominais, tonturas, ...

Quais os cuidados com o paciente polifarmácia?

É importante que o paciente traga sempre uma lista de todos os medicamentos prescritos pelos especialistas que acompanham seu tratamento nas consultas com outros profissionais de saúde. Assim, podemos minimizar o uso desnecessário de medicamentos.

Quais os fatores de risco para a polifarmácia?

Resultados e discussão: Os principais fatores de risco associados à polifarmácia foram: idade, obesidade, presença de doenças crônicas e comorbidades.

Conheça a polifarmácia e suas consequências


20 curiosidades que você vai gostar

Quais medidas poderiam ser tomadas para prevenir a polifarmácia?

O paciente e seus familiares tem papel fundamental na prevenção de erros de medicação associados a polifarmácia. Uma vez informados sobre os medicamentos que estão utilizando, eles podem contribuir para maior qualidade e segurança da farmacoterapia.

Quais as causas de queda em idosos devido ao uso de polifarmácia?

Doenças associadas, crônicas e irreversíveis, polifarmácia, alterações cognitivas, psicológicas, distúrbios de marcha e equilíbrio e fragilidade podem influir na manifestação do medo de cair em idosos. (MACEDO BG, et al., 2005). A ocorrência de queda se associa a um conjunto de fatores extrínsecos e intrínsecos.

O que é a polifarmácia e qual tipo de conduta ou posicionamento deve ser tomada pelo médico diante dessa situação?

A polifarmácia pode ser considerada como a quantidade de fármacos ingeridos por um indivíduo (GOMES H.O, 2008). Com o aumento da expectativa de vida da população, aumenta o contingente de portadores de doenças crônicas não transmissíveis, na qual os medicamentos têm um papel importante.

Como a polifarmácia pode ser classificada?

INTRODUÇÃO: A polifarmácia pode ser classificada como quantitativa e qualitativa. Entre os conceitos para a quantitativa, está a utilização de dois ou mais medicamentos. Por sua vez, a polifarmácia qualitativa considera a racionalização da terapia farmacológica.

Quais os cuidados e orientações que Deve-se realizar durante um tratamento farmacológico em pacientes idosos?

Cuidados e Atenção para o Uso de medicamentos por Idosos podem garantir mais efetividade e segurançaDoenças crônicas podem ser silenciosas! ... Leia sempre a bula ao iniciar o uso de um medicamento. ... Como armazenar corretamente os medicamentos. ... Manter uma rotina é importante.

O que é polifarmácia nos idosos slides?

Polifarmácia é o uso de dois ou mais medicamentos para o mesmo ou vários problemas de saúde. Sua prática é considerada um tipo de uso irracional de medicamentos, podendo acarretar reações adversas e interações medicamentosas, principalmente em idosos, os mais vulneráveis a estes problemas.

Quais são os perigos da automedicação?

O uso de remédios de maneira incorreta ou irracional pode trazer, ainda, conseqüências como: reações alérgicas, dependência e até a morte. Entre os riscos mais freqüentes para a saúde daqueles que estão habituados a se automedicar estão o perigo de intoxicação e resistência aos remédios.

O que é Iatrogenia em idosos?

Iatrogenia é o termo utilizado para qualquer manifestação clínica que não seja conseqüência natural da doença do paciente, durante o tratamento. Também é definida como o efeito resultante de qualquer atividade, de uma ou mais pessoas atuando como profissionais de saúde que não apóiem ​​uma meta da pessoa afetada.

Quais os benefícios da desprescrição para a saúde dos idosos?

OBSERVOU-SE QUE A DESPRESCRIÇÃO PODE CONTRIBUIR PARA O CUIDADO AOS IDOSOS E SUA QUALIDADE DE VIDA, A MEDIDA QUE POSSIBILITAM A IDENTIFICAÇÃO E O ACOMPANHAMENTO DA UTILIZAÇÃO DOS MEDICAMENTOS PARA EVITAR OU MINIMIZAR OS RISCOS ADVINDOS DOS MESMOS.

Quando surgiu a polifarmácia?

O termo polifar-mácia foi discutido pela primeira vez em 1959 e, a partir daí surgiram várias definições e estudos relacionados a essa questão. Segundo Flores e Mengue 10. Flores LM, Mengue SS. Uso de medicamentos por idosos em região do sul do Brasil.

Quais são os principais fármacos que Devêm ser evitados em idosos?

Medicamentos dos critérios de Beers-Fick13 mais referidos pelos idosos avaliados: benzodiazepínicos, metildopa, derivados do ergot, amitriptilina e amiodarona. Recap, recaptação; MAO, mono amino oxidase; BZDs, benzodiazepínicos.

Quais os tipos de interações medicamentosas podem acontecer?

Existem interações medicamentosas do tipo medicamento-medicamento, medicamento-alimento, medicamento-bebida alcoólica e medicamento-exames laboratoriais. As interações medicamentosas podem ocorrer entre medicamentos sintéticos, fitoterápicos, chás e ervas medicinais.

Qual a interação medicamentosa?

A interação medicamentosa ocorre quando você faz o uso de mais de um medicamento. Também existem interações entre o medicamento e certos alimentos ou bebidas. Isso pode diminuir a eficácia dos seus medicamentos, aumentar os efeitos colaterais inesperados ou até mesmo a sua toxidade no organismo.

O que é polifarmácia como você enfermeiro pode auxiliar ao paciente ou familiar que está neste processo?

Polifarmácia é o termo usado para descrever a situação em que vários medicamentos são prescritos simultaneamente, sendo uma prática clínica comum nas pessoas idosas. Entretanto, é fundamental o conhecimento do profissional em relação aos aspectos farmacocinéticos e farmacodinâmicos dos medicamentos.

Como deve ser realizado a abordagem e cuidado do cuidador?

Incentive-a a cuidar de si e de suas coisas. Negociar é a chave para se ter uma relação de qualidade entre o cuidador, a pessoa cuidada e sua família. É importante tratar a pessoa a ser cuidada de acordo com sua idade. Os adultos e idosos não gostam quando os tratam como crianças.

Como a Atenção Domiciliar no SUS realizado pelo médico da equipe de saúde da família pode ser benéfica para a saúde do idoso?

Os resultados deste estudo reforçam a importância deste atendimento pela equipe da saúde da família e os benefícios do atendimento domiciliar, uma vez que ele acelera a recuperação do paciente e promove a redução dos custos da atenção, fortalece as relações idoso/família/cuidador, a manutenção de uma atenção ...

Quais são os maiores riscos de interações medicamentosas no paciente idoso cardíaco?

Problemas cognitivos, que podem dificultar o uso dos fármacos de acordo com as instruções. Uso de múltiplos fármacos. Uso de fármacos que devem ser tomados várias vezes/dia ou de maneira específica. Não compreensão do objetivo do fármaco (benefícios) ou como reconhecer e administrar os efeitos adversos (riscos)

Quais as características presentes no idoso que aumentam o perigo no uso de muitos medicamentos ao mesmo tempo *?

Destaca-se, entre os idosos, o predomínio do sexo feminino, analfabetismo, alterações no estado cognitivo e dependências diversas. Apresentam, em média, 2,5 diagnósticos e utilizam 2,9 medicamentos/idoso.

Quais são os critérios de Beers?

Os objetivos dos critérios de Beers são facilitar a escolha da medicação, reduzir os eventos adversos e fornecer uma ferramenta para avaliar o custo, os padrões e a qualidade do atendimento das pessoas com 65 anos ou mais.

Quais estratégias que podem ser utilizadas pelo enfermeiro para ajudar na adesão medicamentosa de idosos?

Dentre os elementos investigados, os que foram mais associados ao aumento da adesão foram: papel dos ACS no cuidado continuado, acesso gratuito aos medicamentos e simplificação na frequência de utilização dos fármacos (menor número de fármacos, apresentação e doses adequadas, esforço para garantir compreensão do ...



Outras questões

Qual é aplicativo para ganhar seguidores no TikTok?

Como funciona a lei da prioridade?

Como que eu faço para limpar a lixeira do meu celular?

Como gerar senha INSS?

Qual a pontuação do Duolingo?

Como funciona previdência complementar?

Como ocorre a dispersão por Anemofilia?

Como fazer para girar uma imagem?

Como funciona a promoção Chevrolet?

Quanto tempo dura a promoção do Game Pass?

O que é acessibilidade para as pessoas com deficiência?

O que é girar no sentido horário?

Como criar um texto aleatorio no Word?

Como gerar um DCTF?

Como pagar o IPTU atrasado em Campinas?

Como administrar uma pequena pizzaria delivery?

Como ouvir texto em PDF no PC?

Como parcelar IPTU atrasado pela internet Sorocaba?

Como girar o arquivo no Word?

Como fazer mudas de groselha?

Política de privacidade Sobre nós Contato
Copyright 2024 - todasasrespostas.com