Quanto tempo dura o tratamento de pericardite?

Pergunta de Eder Silva em 23-09-2022
(63 votos)


Quanto tempo dura o tratamento de pericardite?

A pericardite aguda deve ser tratada com um anti-inflamatório não esteroidal (AINE), geralmente com uma redução de 2 a 4 semanas após a resolução dos sintomas. Além disso, recomenda-se um ciclo de três meses de colchicina (com dosagem ajustada ao peso) para reduzir o risco de pericardite recorrente.

O que é inflamação do pericárdio?

Pericardite é a inflamação do pericárdio, uma membrana ou espécie de saco que envolve e protege o coração. Em 90% dos casos, a doença é causada por um vírus, como o da gripe, por exemplo. Nas demais situações, pode ser gerada por bactéria, fungos, alguns parasitas, tumores e doenças reumatológicas, entre outros.

Como identificar uma pericardite?

O sintoma mais comum da pericardite aguda é uma intensa dor no peito e a dificuldade para respirar. Por se tratar de uma inflamação próxima ao coração, a dor em muitos casos acaba sendo confundida com a dor de um infarto do miocárdio, especialmente se acontecer com um paciente que possui alto risco cardiovascular.



Quais são os fatores que podem contribuir para uma pessoa ter pericardite?

Dentre as principais causas conhecidas de pericardite estão:


Qual o tratamento para derrame Pericardico?

Assim, no caso de derrame pericárdico de grau leve, em que há baixo risco de comprometimento da função cardíaca, o tratamento consiste no uso de medicamentos como aspirina, anti-inflamatórios não esteroides como ibuprofeno ou de corticoides como a prednisolona, que diminuem a inflamação e os sintomas da doença.

Como é o tratamento das pericardites?

O tratamento das pericardites varia de acordo com as características e gravidade da doença. Nos quadros virais leves ou idiopáticos, em geral, o tratamento é sintomático com analgésicos, antitérmicos, anti-inflamatórios ou medicação antifúngica.



Qual a recorrência da pericardite?

Pericardite recorrente: recorrência da pericardite depois de um primeiro episódio documentado de pericardite aguda e um intervalo livre de sintomas de 4-6 semanas ou mais. Pericardite crónica: pericardite maior de 3 meses.

Quais os sinais da pericardite constritiva?

Falta de ar, cansaço, inchaço nas pernas e no abdômen são sinais da pericardite constritiva que pode evoluir para insuficiência cardíaca grave. A punção e drenagem do derrame pericárdico por pericardiocentese é um procedimento de caráter provisório no tratamento do tamponamento cardíaco e da pericardite constritiva.

Qual a condição do pericárdio?

Nesses casos, o pericárdio perde muito de sua elasticidade e impede que o coração funcione adequadamente. Esta condição é chamada de pericardite constritiva e, muitas vezes, leva a um inchaço grave das pernas e do abdômen, além da falta de ar e dificuldade para respirar.






Outras questões

Qual a diferença entre eu poético e autor?

Como deixar alguém com ciúmes com uma frase?

Qual trilha fazer no Parque do Caracol?

Qual é a droga mais segura?

O que é avaliação da aprendizagem para Jussara Hoffmann?

Como se escreve o nome calça?

Quais os instrumentos da Lei de Responsabilidade Fiscal?

Com quanto dinheiro se começa no monopoly?

Que horas debita pagamento agendado BB?

Como devo tomar amoxicilina de 875 mg?

O que é fecundação externa?

Qual é a cidade brasileira com o menor custo de vida?

Quem orou a Deus na Bíblia?

Como se diz 0 3?

O que é bom para manter o peso?

Como diagnosticar enxaqueca vestibular?

Quanto tempo dura um motor a gasolina?

Como passar música do celular para o PC com cabo USB?

Qual a idade da atriz Flávia Alessandra?

Porque a ansiedade e o mal do século?

Política de privacidade Sobre nós Contato
Copyright 2024 - todasasrespostas.com