Quais são as comorbidades que podem tomar a vacina Covid?

Pergunta de Viviane Carolina Batista em 02-06-2022
(1 votos)

DOENÇA CEREBROVASCULAR – Acidente vascular cerebral isquêmico ou hemorrágico; ataque isquêmico transitório; demência vascular)doenças neurológicas crônicas que impactem na função respiratória, indivíduos com paralisia cerebral, esclerose múltipla, e condições similares; doenças hereditárias e degenerativas do sistema ...

Quem tomou a vacina contra COVID-19 da AstraZeneca pode tomar a vacina contra COVID-19 daPfizer?

Para começar, vamos deixar bem claro: não há problema em receber a vacina da Pfizer se você tomou a primeira dose do imunizante de Oxford/AstraZeneca. Já existem estudos que mostram que essa troca é segura para quem vai receber os imunizantes.


Quando tomar o reforço da vacina contra a Covid-19?

Quando tomar a dose de reforço Seguindo a determinação do Ministério da Saúde e as novas atualizações do órgão federal, a dose de reforço passou a ser válida a toda população acima dos 18 anos que tenha completado o esquema primário (D1 + D2 ou DU) no intervalo de 5 meses.

O que deve fazer quem tomou a vacina contra COVID-19 da Janssen?

De acordo com o Ministério da Saúde, quem tomou a vacina da Janssen deve tomar a segunda dose do mesmo imunizante em um intervalo de 2 a 6 meses após a primeira dose. Gestantes e puérperas vacinadas com Janssen devem completar o esquema vacinal com o imunizante da Pfizer/BioNTech no mesmo intervalo.

Quanto tempo para tomar o reforço da vacina contra COVID-19?

Neste momento, o Ministério da Saúde recomenda um intervalo de 5 meses entre a segunda dose e o reforço, mas São Paulo adota um período de 4 meses.

Médico explica comorbidades para covid e como comprovar para ser vacinado


44 curiosidades que você vai gostar

Qual é o aplicativo da carteira de vacinação da COVID-19?



Para acessar o Certificado Nacional de Vacinação Covid-19, o cidadão deve efetuar o download do aplicativo Conecte SUS em seu smartphone ou acessar o site: conectesus.saude.gov.br. O login no aplicativo é através do acesso único do governo federal (GOV.BR).


Cómo se propaga principalmente COVID-19?

O vírus pode se propagar de pessoa para pessoa por meio de gotículas do nariz ou da boca que se espalham quando alguém doente tosse ou espirra. A maioria dessas gotículas cai em superfícies e objetos próximos, como mesas ou telefones.As pessoas também podem se contaminar ao respirarem gotículas provenientes da tosse ou espirro de uma pessoa doente.

Quais vacinas para COVID-19 as gestantes podem tomar?

A vacinação das gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto), a partir de 18 anos, deverá ser realizada com as vacinas que não contenham vetor viral (Sinovac/Butantan e Pfizer/Wyeth).

Se eu já tinha COVID-19, devo continuar com medidas preventivas como uso de máscara, álcool gel, etc.?

De acordo com as evidências científicas atuais, existe a possibilidade de uma nova contaminação pelo vírus causador da COVID-19. Já houve relatos de casos no mundo de pacientes que adquiriram 2 vezes o vírus. Portanto, todas as medidas de prevenção deverão ser mantidas, mesmo que você já tenha sido diagnosticado(a) previamente, sempre seguindo as recomendações dos órgãos sanitários.

Quanto tempo o coronavírus (COVID-19) sobrevive nas superfícies?

Não se sabe. Já existem alguns estudos preliminares sobre quanto tempo o vírus que causa a COVID-19 sobrevive na superfície - ele parece se comportar como outros coronavírus. Esses estudos sugerem que os coronavírus (incluindo informações preliminares sobre o vírus que causa a COVID-19) podem persistir nas superfícies por algumas horas. Isso pode variar sob diferentes condições, como o tipo de superfície, temperatura ou umidade do ambiente.

Caso você suspeite que uma superfície pode estar contaminada, limpe-a com um desinfetante simples para matar o vírus e proteger a si e aos outros. Higienize as mãos com álcool gel a 70% ou água e sabonete. Evite tocar nos olhos, boca ou nariz.

Preciso refazer os exames até darem negativo se tiver COVID-19?

Caso você apresente a COVID-19 não é necessário refazer os exames até que se obtenha um resultado negativo. Existe a indicação de necessidade de exames negativos em algumas situações específicas, como pacientes durante internação nos hospitais para a realização de cirurgias ou em algumas situações clínicas relacionadas a pacientes imunodeprimidos.

Quais são os principais cuidados para evitar a contaminação familiar de COVID-19?

A pessoa com COVID-19 confirmado deve permanecer em quarto preferencialmente com banheiro separado. Quando conviver com as demais pessoas da casa, deve usar máscara protetora (do tipo cirúrgica, simples), manter as mãos bem limpas e de preferência com álcool gel e praticar a etiqueta respiratória. Minimizar o contato com os outros moradores da residênciaNão dividir utensílios e aparelhos eletrônicos de uso pessoalHigiene constante do ambiente e das mãosRespeitar as recomendações médicas de isolamento e não sair de casa

A internação é necessária para todo caso positivo para o teste do COVID-19?

Há critérios bem definidos e embasados pela literatura científica que determinam os sinais e sintomas que indicam necessidade de internação conhecido como Síndrome Respiratória Aguda Grave. A internação deve ser definida pela sua equipe médica, mas é indicada para pacientes com febre e sinais/sintomas respiratórios que apresentem agravamento dos sintomas, como insuficiência respiratória aguda ou sepse, ou que tenham exame de imagem radiológica sugestiva de pneumonia.

O que devo fazer se uma pessoa tossir ou espirrar do meu lado para prevenir o COVID-19?

Não há nada para ser feito neste momento, a não ser observação. O tempo de incubação de COVID-19 (ou seja, o tempo entre o contato e adoecer de fato) varia entre 2-14 dias. Durante esse período você deve observar o surgimento de febre, tosse seca, dores no corpo, coriza e outros sintomas gripais, bem como falta de ar. Porém a chance de contagio em um evento como esse é baixíssima.

A COVID-19 trás risco na gestação?

No momento atual, o mundo entende que as gestantes e puérperas constituem grupo de risco frente à covid-19 (KNIGHT et al., 2020). No Brasil, o Ministério da Saúde orienta que gestantes e puérperas até o 14º dia de pós-parto devem ser consideradas grupo de risco para covid-19.

Como posso acessar o chat online para obter informações do COVID-19?

O chat online deve ser acessado pelo site https://coronavirus.saude.gov.br/. Lá você inicia a conversa e digita todos os seus sintomas. Dessa forma, fica sabendo se deve ficar em isolamento domiciliar, se deve procurar um posto de saúde ou serviço de emergência.

Que máscara uma pessoa que suspeita ter COVID-19 deve usar?

Pessoas em isolamento domiciliar devido à COVID-19 e seu cuidador devem preferir a máscara cirúrgica.

Devemos ficar em casa para nos proteger do coronavírus (COVID-19)?

O distanciamento social é uma medida comportamental importantíssima neste momento, não só para a proteção individual, mas para diminuir a velocidade da propagação do vírus. Se você puder trabalhar de casa e/ou sair pouco ou nada de casa, faça isso! Caso necessário, procure frequentar farmácias, supermercados ou qualquer outro comércio em horários alternativos.

Como consigo informações sobre coronavirus no aplicativo do SUS?

Primeiro, você precisa baixar o aplicativo para o seu celular. Nele, além de receber orientações sobre como se prevenir do coronavírus, você também reponde um questionário simples sobre a sua condição de saúde. De acordo com as suas respostas, aplicativo indica o melhor a fazer.

Para que é usado o teste rápido de COVID-19?

O teste rápido será usado como uma ferramenta de auxílio complementar no diagnóstico da COVID-19. Ampla estratégia de testagem é crucial para controlar a epidemia causada pelo novo coronavírus.

Os antibióticos são eficazes na prevenção ou tratamento da COVID-19?

Não. Os antibióticos não funcionam contra vírus. Eles funcionam apenas em infecções bacterianas. O COVID-19 é causado por um vírus, portanto os antibióticos não funcionam. Antibióticos não devem ser usados ​​como um meio de prevenção ou tratamento de COVID-19. Eles devem ser usados ​​apenas quando indicados por um médico para tratar uma infecção bacteriana.

Além do uso de máscara, o que posso fazer para me proteger e evitar a propagação da COVID-19?

• Higienize regularmente as mãos com álcool gel 70% ou água e sabonete.
• Mantenha, pelo menos, 2 metros de distância entre você e qualquer pessoa que esteja tossindo ou espirrando. Quando alguém tosse ou espirra, elimina pequenas gotas do nariz ou da boca, que podem conter o vírus.
• Evite tocar nos olhos, nariz e boca. As mãos tocam muitas superfícies e podem pegar carregar o vírus.
• Cubra a boca e o nariz quando tossir ou espirrar, preferencialmente com lenço descartável. Em seguida, descarte-o imediatamente e higienize as mãos.
• Fique em casa se não se sentir bem. Se você tiver febre, tosse e dificuldade em respirar, procure atendimento médico e ligue para o seu médico. Siga as instruções da sua autoridade sanitária local.

Como limpar objetos e utensílios em casa para prevenir COVID-19?

Produtos de limpeza a base de cloro ou álcool são eficazes para a limpeza da casa. Detergente comum é adequado também para a lavagem de louças.

Os vírus respiratórios se espalham pelo contato, por isso a importância da prática da higiene frequente, a desinfecção de objetos e superfícies tocados com frequência, como celulares, brinquedos, maçanetas, corrimão, são indispensáveis para a proteção contra o vírus. Deve-se evitar compartilhar objetos como pratos, copos e talheres.

Como deve ser feita a limpeza de superfícies para evitar o coronavírus (COVID-19)?

A limpeza de superfícies pode ser feita com água e sabão (qualquer sabão de uso comum, como detergentes), álcool a 70% ou hipoclorito (água sanitária) a 0,1%. Deve-se tomar cuidado com aspersão de água sanitária, que é tóxica para mucosas inclusive do trato respiratório. O ideal é que a limpeza seja feita com a máxima frequência possível, no mínimo uma vez ao dia, em qualquer período.

Como limpar celulares para evitar contaminação do COVID-19?

Celulares podem ser fonte de contaminação pelo tempo de manuseio e uso próximo ao rosto. A limpeza dos aparelhos em geral vem descrita em seu manual de usuário, porém existem produtos desinfetantes específicos por marca que podem ser utilizados. A utilização de desinfetantes comuns, álcool comum e similares não é indicada pois podem danificar o aparelho.



Outras questões

Onde ocorrem as etapas da fotossíntese?

Como saber o número da conta-poupança do Bradesco?

Como falar com o Crefito?

Como consultar o número do PIS no site da Caixa?

Quando ocorre o fenômeno da ressonância?

Como saber o PIS da carteira de trabalho digital?

Como saber o número do NIS na carteira de trabalho?

Como ver o código da turma no Google Classroom?

Como ocorre o metabolismo do ácido úrico?

Como saber o número do IPTU?

Como ocorre a condensação é retirada do líquido no processo de destilação fracionada do petróleo?

Onde acho o SQL do imóvel?

O que é acompanhamento e Controle da produção?

Qual a vibração do amor?

O que causa a doença Hemolitica do Recém-nascido?

Quem é o pai do filho de Danina em Gênesis?

Como ocorre o processo de produção dos raios X?

Como saber o número de oxidação de um elemento?

Como conseguir o número do RA?

Como ocorre a distribuição de água no planeta?

Política de privacidade Sobre nós Contato
Copyright 2024 - todasasrespostas.com